Conservação das Obras

 

DICAS PARA CONSERVAR SUA OBRA EM METACRILATO:

Apesar da semelhança, o acrílico não é um plástico comum e por isso deve-se tomar alguns cuidados quanto à consevação e limpeza do seu metacrilato. Relacionamos abaixo algumas dicas de como conservar o material, restaurar o seu brilho e eliminar riscos.

– Deve-se limpar o metacrilato com um espanador de pó e, caso necessário, use um pano umedecido limpo com detergente neutro.

– Em hipótese alguma se deve utilizar na limpeza esponjas ásperas, muito menos de aço.

– Substâncias abrasivas como sapólio, ou solventes como thiner nunca devem ser usadas, pois danificam o produto.

– Para restaurar o brilho ou eliminar pequenos riscos no objeto devem-se usar ceras finas para polimento de acrílicos e aplicá-las com flanelas ou disco de polimento especializado para esta função.

DICAS PARA CONSERVAR SUA OBRA COM IMPRESSÃO UV:

O PS (Poliestireno) é um tipo de plástico e por isso deve-se tomar alguns cuidados quanto à conservação e limpeza deste produto. Relacionamos abaixo algumas dicas de como conservar o material:

 – Deve-se limpar com um espanador de pó

– Em hipótese alguma se deve utilizar na limpeza esponjas ásperas, muito menos de aço.

– É comum as pessoas passarem nas peças um pano já utilizado em outros objetos, porém, isto deve ser evitado pois a poeira agarrada no tecido também risca a superfície.

– Substâncias abrasivas como sapólio ou solventes como álcool ou thinner nunca devem ser usadas, pois danificam o produto.

– Evite manusear sua obra com mãos nuas, pois a gordura presente na pele pode deixar manchas no material, utilize sempre um pano limpo para fazê-lo.

IMPRESSÃO EM PAPEL:

A conservação preventiva é a forma mais benéfica de manter obras de arte sem precisar de grandes intervenções, preservando-se as características originais da obra por muito mais tempo e agregando valor ao objeto. Veja algumas dicas para conservar sua obra de arte:

 – A umidade, direta ou indireta, provoca diversos danos, como dilatação do suporte, surgimento de insetos e outros agentes biológicos. O aparecimento de fungos é causa direta da umidade e esse problema só se torna visível quando surgem manchas, exigindo um processo de restauração.

 -Nunca deixe sua obra de arte exposta, diretamente, à luz solar ou luz artificial, pois os raios UV de ambas provocam amarelecimento das cores e envelhecimento acelerado do papel e demais materiais orgânicos, como vernizes e colas.

 – Substâncias abrasivas como sapólio ou solventes como álcool ou tíner nunca devem ser usadas pois danificam o produto.